O objetivo da Confederação é mostrar aos jovens atletas que existe a opção de permanecer no esporte e seguir com os estudos acadêmicos depois da fase escolar

A Confederação Brasileira do Desporto Universitário marca presença na maior edição na etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), sediada em Natal. A competição reúne  jovens de 12 a 17 anos de escolas públicas e privadas de todo o país, em 14 modalidades. O campeonato é realizado pelo Comitê Olímpico do Brasil e vai até o dia 25 de novembro contando com apoio do Ministério do Esporte e do Grupo Globo.

O stand da CBDU é institucional e informativo. A ideia é mostrar que os jovens têm opção de continuar estudando e competindo como atletas mesmo após o final do ensino médio.

O espaço conta com a presença de funcionários da Confederação e promotores para atender o público e explicar sobre a CBDU, os JUBs, o calendário esportivo universitário e também para mostrar que diversos atletas olímpicos já passaram pela CBDU. É o caso da nadadora Joanna Maranhão e da ginasta Daniele Hypólito, que são embaixadoras dos JEJ e já representaram nosso Brasil em Universíades e Olimpíadas. Além da área informativa, o espaço também conta com um photobooth onde os jovens podem imprimir uma foto temática para guardar de recordação.

 

 

Ministro do Esporte visita o espaço CBDU nos JEJs

 

A iniciativa foi aprovada pelos jovens atletas. A carioca Vanessa, de apenas 14 anos, comenta: “Acho muito legal que a CBDU nos proporciona jogar na faculdade. É muito importante mostrar isso aqui porque muitos atletas acabam parando de jogar e desistindo dos seus sonhos”, completa a jovem que compete na modalidade tênis de mesa.

O visual do stand remete as três cidades dos próximos grandes eventos esportivos internacionais: A Universíade de 2019, sediada em Napoli, na Itália; os jogos pan-americanos que ocorrerão em Lima, Peru e claro, os Jogos Olímpicos de Tokyo em 2020. Para mostrar até onde os atletas universitários poderão chegar. Além dos estudantes, também visitaram o stand o ministro do esporte, Leandro Cruz; o presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Paulo Wanderley; Jukassio Diniz, eleito o melhor atleta de futebol da temporada 2017 e Yuri Sousa, goleiro de futebol na Universíade 2015.

Nos JEJ são disputadas 14 modalidades: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia (apenas na categoria 15 a 17 anos), xadrez e wrestling. Com exceção da Ginástica Rítmica, todas essas modalidades são contempladas também na temporada dos Jogos Universitários Brasileiros, o que possibilita uma continuidade para os estudantes na transição do ensino médio para a faculdade.