Membros do Conselho Diretivo da CBDU e da empresa Mescla

A CBDU reuniu na última semana o Conselho Diretivo, em Brasília, para realizar o planejamento estratégico das temporadas 2019/2020. Foram três dias de reuniões com o objetivo de aprimorar a gestão e governança da entidade.

Junto com a empresa Mescla, que está auxiliando no planejamento, foram discutidos pontos decisivos como a ideia de inspirar e desenvolver o potencial de novos líderes através do esporte e ser uma marca de valor para o esporte nacional.

Já entre as ações previstas estão ampliar a plataforma do esporte universitário nacional, qualificar pessoas e instituições que atuam na área, implantar um modelo de excelência em gestão e aumentar e diversificar as fontes de captação de recursos.

Além disso, a Federação também passará por uma modernização interna com a implementação de novos regulamentos, normativas internas, alteração estatuária, regimento interno, código de conduta e investimentos em um sistema de gestão administrativo/financeiro.

Luciano Cabral, presidente da CBDU, explica a importância das reuniões: “Foi muito positivo porque conseguimos apontar melhor os principais objetivos da CBDU. Do planejamento vão sair novas definições de missão, visão e valores que são conceitos norteadores para a gestão da CBDU. Outros assuntos abordados foram: metas no esporte universitário para agora, como entender e ter propostas mais concretas de posicionamento do esporte universitário brasileiro e ter o esporte universitário na matriz do esporte nacional”.

Outra mudança para a CBDU é que, a partir de 2019, a Confederação passa a ter gestão própria dos recursos recebidos devido à uma mudança na lei Agnelo/Piva. A lei reduziu o valor total destinado ao esporte universitário, principalmente na parte administrativa. “Estamos trabalhando para ajustarmos à nova realidade, naturalmente vamos ter que reduzir despesas e até mesmo reduzir o calendário de competições”, conta Luciano.

Essas medidas foram apenas o primeiro passo para o futuro. O Conselho Diretivo foi ainda mais longe e, de presente para os 80 anos da entidade, criou o projeto CBDU 20/30 que prevê um planejamento para os próximos dez anos.

“Nosso objetivo maior é usarmos a plataforma que consolidamos no esporte universitário brasileiro para definir os rumos do esporte universitário para esses próximos anos, garantindo que, independente do gestor, a CBDU tenha seus objetivos definidos e principalmente possa influenciar na mudança de cultura do esporte educacional no Brasil”, diz o presidente.

0 Comments

No Comment.