Ciclismo, natação paradesportiva e judô impulsionam campanha paranaense

 

Felipe Augusto – CBDU

 

Estado-sede da 66ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), o Paraná garantiu 86 medalhas nas disputas realizadas em Maringá esse ano. Foram 31 medalhas de ouro, 38 de prata e 17 de bronze. A cidade anfitriã foi a que mais trouxe medalhas para o estado.

 

No ciclismo, que retornou ao quadro esportivo do evento, o Paraná teve grande destaque, onde dominou todas as oito provas, com a conquista de oito medalhas de ouro e oito de prata e, consequentemente, a nona dourada na classificação por federações universitárias. Ana Paula Casetta, Bruna Lie Adati Lenartowicz, Gustavo de Oliveira da Silva (UNICESUMAR) e Pedro Guilherme Volpato Rossi (UEM) ganharam, cada um, duas medalhas de ouro e duas de prata. “É meu primeiro ano de JUBs. Só tenho a agradecer ao apoio da universidade. Estou muito feliz por ter feito parte da equipe nessa conquista. A estrutura que a cidade comporta é importante e fez com que conseguíssemos esse feito”, cita Bruna, campeã das provas de velocidade e 200 metros.

 

No estádio Willie Davids, os paranaenses garantiram sete medalhas no atletismo (dois ouros, quatro pratas e um bronze) e seis na modalidade paralímpica (um ouro, duas pratas e três bronzes). O maior destaque fica para Teresinha de Jesus, com um título e um vice-campeonato, no paradesporto.

 

O judô foi mais uma modalidade individual de destaque, com 14 medalhas, com cinco de primeiro lugar, cinco de segundo e quatro no terceiro. Tiago Silva Palmini Souza e Aine Dalete Figueiredo Schmidt conquistaram duas medalhas nas categorias respectivas de cada atleta e no absoluto.

 

Na natação, o paradesporto teve um ótimo desempenho com 13 medalhas de ouro, sendo que Ronan Nunes Cordeiro foi campeão em quatro disputas e as gêmeas Beatriz e Débora Carneiro revezaram, com duas de ouro e duas de prata, para cada, nas mesmas categorias. “É muito gratificante poder participar dos Jogos. A gente tem que agradecer a FPDU e aos JUBs pelos momentos incríveis, que vou levar para o resto da minha vida, além das amizades”, cita Ronan, que conquistou uma quinta medalha, com uma prata. Para completar a modalidade, foram 16 medalhistas de prata e cinco ficaram com o bronze para o Estado.

Atleta Ronan comemorando seu feito espetacular no JUBs 2018. Foto Alzir Lima – Kaizen/CBDU

 

Nos esportes coletivos, o Estado teve representantes na semifinal do futsal feminino (FATEB), handebol masculino (UNICESUMAR), vôlei de praia masculino (UNIFAMMA) e vôlei masculino (UNIFAMMA). No vôlei de praia, Adrielson e Rafael e o time de handebol ficaram com a prata. Participante do Estadual Feminino, as meninas do futsal de Telêmaco Borba conquistaram o bronze ao derrotar a FECAF (SP), nos pênaltis, por 5 a 3, após empate em três no tempo regulamentar. O vôlei masculino fez jogo duro contra a DOCTUM (ES), mas perdeu por 3 a 2.

 

No skate, esporte que estreou no programa dos JUBs 2018, o estado teve duas medalhas de bronze, com Diego Felipe Tomaz Silva, da UEL, nas categorias Bowl e Street. Uma conquista inédita foi no Acadêmico, onde Aryelle Malheiros Caruzzo ficou com o ouro na categoria individual e ajudou a UEM a ficar com a mesma cor de medalha por instituições de ensino superior. Eduardo Murchie Correa garantiu a única medalha na natação, com o bronze nos 50 metros peito.

Os JUBs 2018 são uma realização da CBDU, em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal de Maringá e da Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU). Patrocínio CBDU: Correios. Apoio CBDU: Gympass e SuperBolla.  Parceria Institucional: Ministério do Esporte, Comitê Olímpico Brasileiro e Comitê Paralímpico Brasileiro.