UNISP-SP mostra domínio nas provas e segue líder no quadro de pontuação geral

Por Bruna Amorim (Programa Jovens Jornalistas)

 

Foto: Jonne Roriz/Light Press/CBDU

 

O quarto dia dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) começou bem cedo, nesta sexta-feira (25), na Arena Aquática Salvador. As delegações que deram um show nas águas da Piscina Olímpica da Bahia, no primeiro dia de provas da modalidade, retornaram ontem para dar continuidade a competição.

As provas nos estilos livre, medley, peito, borboleta, costas e os revezamentos 4×100, tanto masculino como feminino, foram divididas em mais de vinte provas com até 4 fases/etapas cada. As premiações foram realizadas logo após as disputas e cada medalha atribui a equipe uma pontuação diferente no quadro geral.

Entenda como funciona a pontuação: o primeiro lugar garante ao atleta e a equipe um total de 13 pts e na etapa final das provas, garante também, a tão sonhada medalha de ouro. O segundo lugar assegura 09 pontos e o terceiro lugar, 06 pontos. A partir da quarta colocação a pontuação funciona em ordem decrescente, começando em 5 pontos (4° lugar)  até a pontuação mínima de 1 ponto, a partir do 8º lugar. Para as provas de revezamento a contagem de pontos é dobrada.

A primeira prova do dia foram os 400 metros livre do feminino que durou aproximadamente seis minutos – tempo da última colocada na disputa. Os três primeiros lugares no pódio foram dominados pelas representantes da UNIP-SP: Rafaela Trevisan Raurich no 1° lugar, Julia Rodrigues Vivian Diogo em 2º e na 3ª colocação, Maria Amália Zanetti Verzola.

Na prova seguinte, 400 metros livre masculino, a UNIP-SP subiu no pódio, mas desta vez o lugar mais alto foi conquistado pelo atleta baiano Windson Pionorio Filho da UNIFACS/BA que colocou a tão desejada medalha de ouro no peito. Na segunda e terceira colocação ficaram os paulistas Bruce Hanson Almeida e Guilherme Toledo Ribeiro, respectivamente.

A primeira prova de revezamento do dia, 4×100 feminino, colocou novamente os paulistas da UNIP-SP – que vem se mostrando especialista nesta modalidade -, no pódio. A equipe paulistana formada pelas atletas: Rafaela Trevisan Raurich, Erika Ribeiro Gonçalves, Gabrielle Assis da Silva e Natalia Behm Silva, conquistaram o ouro com uma vantagem de aproximadamente 15 segundos. Em segundo lugar, a equipe do UNINASSAU/PE composta por: Carolline Gomes Barbosa, Gabriella Leal Silva, Eloiza Josefa Oliveira e Priscila Verissimo De Oliveira. E na terceira colocação, a equipe do FURB/SC: Renata Salamoni, Daiane Murcheski, Rebeca Theis e Julia Volkmann.

No revezamento masculino, a UNIP-SP subiu no lugar mais alto do pódio, mas com uma vantagem bem pequena, foram milésimos de segundo que separam os atletas Victor Guimarães Alcará, Kaue da Silva Carvalh, Guilherme Toledo Ribeiro e Bruce Hanson Almeida, do segundo lugar ocupado pela equipe do UNISUL/SC: José Roberto Vaz Guimarães Neto, Euller Pra da Silva, Julio Monteiro Martins E Matheus Ehlert Schneider. O bronze foi conquistado pelos atletas paranaenses da UNICESUMAR-PR: Yago Rodrigues Oliveira, Rafael Moraes Mendes, Júlio Nobuyuki Ito e Roberto Iuji Nogami.

 

Quadro Geral

Após uma manhã de intensas provas, confira os cinco primeiros colocados do quadro geral de pontuação: na 5ª colocação, a equipe da CEUB-DF com 45,00 pontos (pts); em 4º lugar, a UNISUL-SC com 62,00 pts; com uma diferença de apena cinco pontos, na 3ª posição, UNICESUMAR-PR, com 67,00 pts. Na ponta da tabela estão UNINASSAU-PE e UNIP-SP, a diferença atual entre as equipes ultrapassa a marca dos 200 pontos. Ao longos desses dois dias de competição os pernambucanos acumularam 97,00 pts, assumindo a 2ª colocação, contra 502,50 pontos dos paulistas, favoritos ao título de campeão, da UNIP-SP.

 

Sobre o JUBs 2019

Em sua 67ª edição, a Fase Final dos Jogos Universitário Brasileiros, conta com a participação de 27 delegações representando os 26 Estados da Federação Brasileira e o Distrito Federal. No total são mais de cinco mil participantes entre dirigentes, comissões técnicas, alunos-atletas, árbitros, voluntários e Comitê Organizador. Os atletas estão divididos em 12 modalidades: Acadêmico, Basquete 3×3, Basquetebol, Futsal, Handebol, Jogos Eletrônicos: Futebol Eletrônico (Fifa) E League Of Legends (Lol), Judô, Karatê, Natação, Voleibol, Vôlei De Praia, e a novidade desta edição, o Cheerleading – nome em inglês para a prática de animar a torcida -, que promete agitar a torcida com suas acrobacias e movimentos de alto grau de dificuldade. O JUBs Fase Final Bahia conta também com o apoio da rede hoteleira da capital baiana, são 15 (quinze) hotéis que hospedam as delegações, voluntários e o Comitê Organizador. O Centro de Controle Operacional (CCO) está alocado em Stella Mares, local onde fica o Boulevard dos Atletas, espaço que possibilita aos alunos-atletas e demais participantes do JUBs momentos de distração e divertimento durante os intervalos das competições. Os Jogos Universitários Brasileiros – Fase Final 2019 são apresentados pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário. Realização: Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia – SUDESB, Governo do Estado, Secretaria da Educação do Estado da Bahia e Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia – SETRE. Comitê local: Federação Universitária Baiana de Esportes. Apoio: Spalding, Kempa, Supper Bolla e Onza. Parceria: Comitê, Secretaria Especial do Esporte e Ministério da Cidadania. Patrocínio: Governo Federal.

 

0 Comments

No Comment.