Ode aos heróis encerra a Universíade de Verão 2017

Cerimônia também recebeu performances típicas da próxima cidade sede do evento, Nápoles

 

Por Danielle Coimbra 

Foto: Felipe Herrmann/CBDU/Be Nice Films

Com um show de abertura da cantora indígena taiwanesa Jia Jia, a Cerimônia de Encerramento da 29 Universíade contou com o mesmo brilho de sua abertura, há 12 dias. Jia falou sobre o herói, que trabalha para tornar seus sonhos realidade, e abençoou os atletas, “que eles andem com a cabeça erguida até o outro lado do arco-íris”.

Na sequência, a banda de rock Trash cantou os sonhos nos corações dos atletas. “Os seus esforços um dia se tornarão flores. Mantenham o espírito puro com vocês. O amor pode salvar o mundo.”

Já com os atletas ocupando toda a área central do Estádio Municipal de Taipei, o vice-presidente de Taiwan, Chien-Jen Chen, emocionou aos presentes com suas palavras. “Vocês são todos heróis e estendo minha estima em nome de todos de Taiwan. Vocês têm nosso respeito. Estamos honrados de ter tido vocês aqui esses dias. Somente fazendo um trabalho juntos chegamos a um patamar internacional”, disse.

O prefeito de Taipei, Wen-je KO, falou sobre a força do povo de Taiwan. “Por causa de vocês mostramos a nossa força ao mundo, apesar de todos que acharam que não poderíamos realizar este evento. Taipei agora olha para frente com um grande futuro. A glória pertence a todos vocês”.

Wen-je KO desejou sorte e sucesso à próxima cidade sede da Universíade de Verão, Nápoles, que recebe o evento em 2019.

Para dar um gostinho de como será a 30 edição da Universíade de Verão, o San Carlo Theater apresentou uma performance típica de Nápoles.

A pira foi apagada após a entrada de um cortejo em trajes típicos taiwaneses.

Participação brasileira

O Brasil terminou a Universíade na 28ª colocação no quadro geral de medalhas, com dois ouros, quatro pratas e seis bronzes. Japão, Coreia do Sul e Taipei Chinesa foram os três países com mais ouros.

A judoca Bárbara Timo conquistou o ouro na categoria até 70kg. Gabriela Chibana (-48kg) e Eleudis Valentim (-52kg) foram prata. A equipe masculina levou para casa o bronze, assim como Vinicius Panini (-81kg), Ruan Isquierdo (absoluta) e Tamires Crude (-57kg).

No taekwondo, Maicon Andrade chegou à final da categoria mais de 87kg, mas sofreu uma lesão e recebeu recomendação médica para não disputar a última luta. Por isso, ficou com a prata.

Na natação, Henrique Martins ficou em terceiro lugar nos 50 e nos 100 metros borboleta, e Ítalo Manzine subiu ao segundo lugar do pódio por seu tempo nos 50 metros livre.

Summer Universiade 2017

A Universíade de Verão 2017 acontece em Taipei, capital de Taiwan, entre 19 e 30 de agosto, e contempla 21 modalidades: atletismo, basquetebol, saltos ornamentais, esgrima, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, judô, natação, tênis de mesa, taekwondo, tênis, voleibol, polo aquático, tiro com arco, badminton, beisebol, golfe, patinação, halterofilismo e wushu.

As competições são realizadas em mais de 70 praças esportivas e reúnem cerca de 10 mil alunos-atletas de mais de 170 países.
O Brasil está presente em 14 modalidades esportivas, representado por uma delegação de 300 pessoas, dentre atletas, comissão técnica e oficiais. Dezenove olímpicos compõem a forte delegação, nas modalidades atletismo, esgrima, natação, saltos ornamentais e taekwondo.

Além das cinco, a equipe UBRASIL ainda participa nas modalidades badminton, ginástica rítmica, wushu, judô, tênis, tênis de mesa, voleibol, futebol e levantamento de peso.

Mais informações sobre a delegação brasileira: www.cbdu.org.br

Portal oficial do evento: https://www.2017.taipei/