Por Patryck Vieira (Programa Jovens Voluntários)

No segundo confronto entre as equipes semifinalistas, a Uninilton Lins-AM conseguiu a vitória em um jogo eletrizante. Mesmo não perdendo um jogo, a equipe do Amazonas entrou desligada no jogo mas logo conseguiu encontrar o seu ritmo.

No primeiro set, muitas trocas de pontos, apesar do forte poderio de ataque da equipe Amazonense, a equipe do Amapá conseguia impor seu jogo rápido. Não deixando se abater para o meio do jogo a equipe do Amazonas com seus ponteiros conseguiu segurar o jogo e abrir uma vantagem no placar. O final do primeiro set foi de 25 x 16 para a equipe da Uninilton Lins-AM.

No segundo set, parecia no começo do primeiro set, com uma forte marcação de jogadas o Amapá conseguia segurar o jogo, mas o levantador do time do Amazonas, Maik Andrade, foi para o saque e deixa diferença marcando quatro pontos e botando a equipe novamente nos trilhos. O placar final do set foi de 25 x 17.

No terceiro set com mudança de jogadores na equipe da Uninilton Lins-AM, o Amapá conseguiu equivaler no começo do jogo com a equipe Amazonense. Com muitos erros de combinação de jogadas, o time do extremo norte no país não conseguiu dar seguimento ao jogo e levou a virada novamente para a equipe do Amazonas. Com placar de 25 x 13, a Uninilton Lins-AM sacramentou a vaga para final contra a equipe do Pará, Unomar-PA.

O atleta Alecsander Santos, que foi o maior pontuador com 9 ataques juntamente com o jogador, David Figueredo. O jogador falou sobre o jogo e a expectativa para a final contra a equipe do Pará. “Hoje fizemos um jogo bom, conseguimos manter nosso nível contra a equipe adversária e conquistamos o acesso a final. Amanhã, contra a equipe do Pará, estudamos e vamos tentar ganhar dentro de casa”, disse.

O técnico, Harlei Barroncas, da equipe na Uninilton Lins-AM, comentou sobre a mudança de jogadores durante o jogo e a conquista da vaga para a final. “Tendo em vista que ganhamos os dois primeiros sets, conseguindo uma boa vantagem para o jogo, colocamos todos os jogadores para jogar para evitar o cansaço, até porquê amanhã é a final. Hoje foi nosso melhor jogo e esperamos amanhã fazer nosso jogo com a nossa torcida”, falou.

Pará vence Amapá e vai a final do vôlei masculino

Buscando encontrar o caminho da final, os times da UNAMA-PA e UNIRG-TO jogaram na Arena Poliesportiva Renné Monteiro na tarde sexta-feira em Manaus.

As equipes entraram em quadra mostrando o mesmo estilo de jogo, poucos erros, porém muita troca de pontos. Apesar da igualdade no começo da partida, logo a equipe do Pará foi mostrando ao que veio na competição e foi aplicando uma vantagem no placar de jogo. O bloqueio Paraense foi aparecendo no jogo como uma muralha impedindo o ataque do time tocantinense. O placar final do primeiro set foi de 25 x 21 para o time do Pará.

Na segunda etapa da partida o time da UNIRG-TO começou um pouco melhor de como terminou o primeiro set. Trocando vários pontos e conseguindo se manter a frente do placar o time tocantinense. A equipe do Pará tentava ainda se encontrar no segundo set de partida e a equipe do Tocantins aproveitava os erros adversários. No final de partida a equipe do Pará ensaiou uma reação que logo foi freada pelo talento da equipe do Tocantins. O placar final do segundo set foi de 26 x 24 para a equipe da UNIRG-TO.

Mantendo o jogo equilibrado, assim começou o terceiro set no embate entra Pará e Tocantins. Igualdade de pontos até o meio da partida marcou o jogo. Ao final da terceira etapa o placar foi de 25 x 17 para a equipe da UNAMA-PA. No quarto set a equipe do Pará veio mais focada no jogo e mantendo a vantagem no set consegui ampliar ainda mais a vitória fechando o jogo em 25 x 18. Com placar de sets 3×1.

O atleta destaque da partida da equipe da UNAMA-PA, o levantador, Marcelo Pinheiro, falou sobre o jogo e as superações que teve de passar durante o campeonato. “Nosso time passou por um problema com nosso levantador titular que sentiu uma lesão para essa partida importante e eu consegui superar as expectativas para o jogo e conseguimos ir para a final”, disse.

 

O técnico Thalison Bonfim também falou sobre a superação de expectativas ao decorrer da competição. “Nós conseguimos fazer um jogo bom, duro, mas bom, com algumas dificuldades no começo. Enfim, estamos na final e o que importa é o título”, salientou.

0 Comments

No Comment.