O Brasil conquistou, neste final de semana, mais uma medalha internacional: a prata na 1ª edição Copa do Mundo Universitária de Futebol. Disputado por Instituições de Ensino Superior, a equipe feminina da UNIP-SP chegou à final invicta, mas perdeu para a Universidade de Ottawa neste sábado (30).

A competição aconteceu de 21 de novembro a 1º de dezembro, em Jinjiang, na China. Até então, o mundial de futebol era disputado na Universíade. Agora, a modalidade ganha um evento próprio que acontecerá de 2 em 2 anos.

Para chegar à China, as equipes tiveram que conquistar o título Pan Americano Universitário no FISU America Games, que aconteceu em 2018 em São Paulo. A partir daí, o foco virou a Copa do Mundo.

A equipe brasileira chegou na decisão com uma campanha 100% e números expressivos: 25 gols marcados, nenhum gol sofrido e 69% de posse de bola no total, mas ainda assim não foi o suficiente para ganhar da também invicta Universidade de Ottawa.

Mylena Pedrosa, camisa número 9 da UNIP-SP, foi a artilheira da competição com nove gols. “Quando chegamos aqui, eu não podia imaginar que acabaria sendo a artilheira. Agradeço a toda a equipe porque foram elas que me ajudaram a chegar lá”, conta.

Outra jogadora a levar um título individual foi a goleira Fernanda Delazere. Até a final, ela não havia sofrido um único gol, ganhando assim o prêmio de melhor goleira.

0 Comments

No Comment.