Programa Jovens Voluntários – Por Andressa Antunes

Foto: Gabriel Lordello/Exemplus/CBDU

 

Após cinco dias de competição, a Conferência Central dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) chegou ao fim. Com jogos disputados ponto a ponto e grandes jogadas, o último dia do campeonato contou novamente com a participação da torcida local, que empurrou os jogadores e aumentou a emoção dentro de quadra.

Final masculina

No jogo que decidiu o grande campeão da Conferência Central, a equipe da Celso Lisboa mais uma vez realizou uma grande partida e se consagrou como favorita em um jogo disputado do começo ao fim contra a UNIPAC – MG. No primeiro set, o time carioca abriu a partida com alto rendimento no ataque — a equipe mineira até tentou reagir se impondo com o bloqueio, mas não foi suficiente para diminuir a diferença no placar e a primeira parcial foi de 25 x 19 para o time do Rio de Janeiro. Já no segundo set, o time carioca inicialmente se manteve como favorito, mas a UNIPAC reagiu com grandes defesas, equilibrando o jogo e alcançando o empate com a parcial de 25 x 23.

 

No terceiro e mais tranquilo set para a equipe campeã, a Celso Lisboa construiu uma confortável vantagem logo nos primeiros minutos, fechando o set sem grandes dificuldades por 25 x 19. Já no set que encerrou a competição para o naipe masculino, a equipe carioca desestruturou de vez o adversário mineiro, que sentiu a pressão e cometeu muitos erros. Com isso, a faculdade Celso Lisboa foi a grande campeã da Conferência Central do JUBs. Rafael Muniz, jogador do curso de educação física pela faculdade carioca, disse apesar de estar feliz com a conquista, a equipe já tem outro objetivo em mente. “Precisamos nos preparar mais para a próxima competição, pois sabemos que o nível será maior do que aqui”, completou.

Final feminina

A maior emoção ficou para a parte da tarde: com a presença da torcida e grande pressão em quadra, as duas finais do naipe feminino terminaram em 3 sets a 0, dando o título de campeãs para a PUC – RJ e o vice-campeonato para a UPIS – DF. No primeiro jogo, as campeãs enfrentaram o time da UNIVAG, conseguindo a mais importante vitória do campeonato sem grandes dificuldades. No primeiro set, a equipe carioca chegou a abrir 10 pontos à frente no placar, vencendo com a parcial de 25 x 16.

Já no segundo, a equipe da PUC se manteve superior e a pressão sobre as adversárias gerou muitos erros na quadra da UNIVAG, mantendo o ritmo do set anterior e fechando a parcial em 25 x 17. No terceiro e último set da final, a PUC concretizou sua vitória e administrou a maior vantagem do dia, vencendo por 25 x 8. Rafaela, estudante de engenharia da faculdade campeã, afirmou que agora o foco é a etapa nacional. “A etapa estadual foi muito equilibrada, mas agora nosso objetivo é treinar mais e buscar o título de campeãs do JUBs”.

Disputas de terceiro lugar

Durante a manhã, as equipes masculinas da DOCTUM – ES e a faculdade carioca Celso Lisboa foram as grandes vencedoras, ambas pelo placar de 3 sets a 1. O time capixaba venceu a Faculdade La Salle – MT em um jogo fervoroso, com muitas disputas e viradas de placar.

No primeiro set, as equipes mostraram um jogo equilibrado, sem erros e com grandes ralis. Mas, na reta final, a equipe da DOCTUM abriu uma importante vantagem e fechou a primeira parcial em 25 x 20. Já no segundo set, a equipe da casa impôs ainda mais o seu ritmo com alta eficiência no saque — o que elevou a pressão no adversário mato-grossense e fez com que a DOCTUM aumentasse o placar fazendo 2 sets a 0 com 25 x 17.

No terceiro set, a equipe do Mato Grosso se reorganizou e mostrou o seu ponto forte: o bloqueio. Mesmo começando atrás no placar, a equipe conseguiu inibir o ataque capixaba e surpreendeu os oponentes, fechando com 28 x 26 uma disputa ponto a ponto que levou o jogo para o quarto set. Porém, a reação não foi suficiente. No quarto e último set, a Faculdade La Salle perdeu novamente o ritmo de jogo e a DOCTUM abriu grandes vantagens no placar, repetindo a primeira parcial e conquistando o segundo lugar da competição por 3 sets a 1.

Murilo Coutinho, estudante de Educação Física da DOCTUM – ES, comemorou a classificação para Salvador. “É um motivo de grande alegria representar o meu time, uma vez que o JUBs é uma competição de grande importância no meio universitário” afirmou

Já na disputa pelo segundo lugar do naipe feminino, a equipe da UFES entrou em quadra com o grande apoio da torcida local, que fez um show à parte e empurrou o time durante toda a partida. No entanto, a equipe da UPIS – DF se destacou no bloqueio e apresentou grande consistência na defesa, o que levou as meninas do Distrito Federal ao vice-campeonato com as parciais de 25 x 19, 25 x 22 e 25 x 19.

 

0 Comments

No Comment.