É verdade que o Brasil não tem tradição em esportes de inverno, mas isso não impediu que dois brasileiros conquistassem uma vaga na Universíade de Inverno 2019, em Krasnoyarsk, na Rússia.

São aproximadamente 3.500 atletas hospedados na vila que, pela primeira vez, fica dentro de um campus universitário. A competição deixará um legado para a Universidade da Sibéria.

“O evento é gigante e, assim como na Universíade de Verão, conta com atletas olímpicos ou com grande potencial de chegar lá. Acho que nossos atletas têm tudo para fazer uma grande competição. Em fevereiro fizeram um mês de intensivo no Canadá, estão se dedicando muito. Vai ser uma experiência diferente e muito legal para eles”, explica Paulo Sivieri, chefe de delegação.

Conheça nossos atletas:

Ana Carla Decottignies

Ana tem 18 anos e começou a praticar patinação artística aos 11 anos apenas por diversão. Após um tempo, a paixão foi crescendo e ela decidiu levar o esporte a sério.

A carioca já tem no currículo três campeonatos brasileiros e três campeonatos cariocas, todos na categoria júnior, além de levar a medalha de ouro no Sul-Americano em 2016 e bronze no Sul-Americano em 2017. A Universíade em Kraynoyarsk é sua primeira competição internacional.

“É a realização de um sonho representar o Brasil em uma competição desse nível. A vila é acolhedora, as pessoas são amigáveis, a cidade está acompanhando o evento e os voluntários muito atenciosos. Superou as minhas expectativas”, conta Ana.

Ana compete sexta (8) e sábado (9) de março.

Ruanh Oliveira

Ruanh tem 23 anos e também pratica patinação artística. O gaúcho se interessou pelo esporte após ver uma apresentação no Parque Snowland em 2017, em Gramado. Desde então, o atleta já participou de duas competições nacionais e conquistou o lugar mais alto do pódio em ambas.

“Essa é a primeira vez que participo de uma competição internacional e, para primeira, já estou participando da Universíade de Inverno, que é um evento muito grande e vai ter patinadores que participam de mundiais e olimpíadas. Nessa competição espero ganhar muita experiência”, diz o atleta.

“Gostei muito da recepção na vila, achei muito organizado e as pessoas muito atenciosas com os atletas e técnicos e oficiais”, completa.

O patinador chegou na Sibéria nesta sexta-feira (1º) e neste sábado (2) já tem treino às 11h (horário local). Ruanh competirá na quarta-feira (6).

 

 

0 Comments

No Comment.