Em tarde agitada no ginásio de esportes Chico Neto, equipes suaram por vaga na grande final

 

Gabriela Castro – Programa Jovens Jornalistas

 

As semifinais do futsal feminino e masculino movimentaram a sexta-feira (9), na Vila Olímpica, com partidas disputadas até o último segundo. Antes dos jogos que decidiriam os confrontos das finais, os 5º e º lugares foram resolvidos. Pelo feminino, ICESP-DF e FMN/MANAUS-AM ficou em 2 a 1 para o Distrito Federal, enquanto a partida entre UNIVERSO-GO e UFMG-MG terminou em 4 a 2 para as goianas.

Dando início às semi, UNIPLAC-SC e FATEB-PR entraram em quadra em busca da tão sonhada vaga na final. A partida ficou em 5 a 2 para Santa Catarina, que avança na competição. Ligiane Marcolan, estudante de Pedagogia e atleta da UNIPLAC, afirma que o time sabia da complexidade do jogo. “Demos nosso melhor e conseguimos a vaga para a final. Agora é descansar. Acredito que já evoluímos bastante e temos que aproveitar mais nossas chances de gol e marcar porque, em uma final, isso faz toda a diferença”.

A segunda partida pelas semifinais do futsal feminino ficou por conta de FECAF-SP e UNIFOR-CE. A equipe do Ceará, em um jogo emocionante, se classificou com o placar de 4 a 2, em cima de uma das favoritas ao título. Andreza Nascimento, de 23 anos, disse que o time cearense já esperava uma partida difícil. “Saímos bastante eufóricas no começo do jogo, com o placar atrás, mas conseguimos virar a nosso favor”. A estudante de Educação Física completou: “Ano passado, elas foram campeãs. Foi um jogo muito difícil de ganhar, mas foi um jogo muito bom de se jogar. Estamos felizes com a vitória e vamos pra final confiantes”.

Pelo masculino, o 5º e o 8º lugar foram disputados por CELSO LISBOA-RJ e UNIP-SP e, também, por UNOCHAPECÓ-SC e UEM-PR. Os jogos ficaram em 3 a 1 para CELSO LISBOA e em 4 a 4 para UNOCHAPECÓ-SC e UEM-PR. Este último acabou nos pênaltis, que deram a vitória para o time paranaense por 4 a 1.

Na semifinal UNINASSAU-PE e FAIPE-MT, o placar foi de 6 a 1 para a equipe de Pernambuco. Gabriel de Aquino, estudante de pós-graduação em Educação Física, destacou a preparação do time para a partida. “O jogo começou muito equilibrado. Conseguimos marcar o gol logo no começo, mas eles, com o goleiro na linha, colocaram a gente em dificuldade na defesa. Isso nos atrapalhou um pouco. No segundo tempo, a gente acalmou mais e, nos contra-ataques, conseguimos matar o jogo”, afirmou.

O segundo jogo da semi ficou por conta de UFRN- RN e F.MAUÁ-DF, no qual o grupo do Distrito Federal se classificou por 3 a 1. O técnico de MAUÁ, Edson Luis, de 52 anos, destaca que a expulsão de um dos seus jogadores complicou a vida do time no jogo. “Sentimos a expulsão. A UFRN entrou com tudo no jogo. São uma equipe muito qualificada, mas depois tomamos conta da partida”, avaliou.

Com estes resultados, a final do futsal feminino fica entre UNIFOR-CE e UNIPLAC-SC e, a decisão do masculino, entre UNINASSAU-PE e F.MAUA-DF.

Os JUBs 2018 são uma realização da CBDU, em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal de Maringá e da Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU). Patrocínio CBDU: Correios. Apoio CBDU: Gympass e SuperBolla.  Parceria Institucional: Ministério do Esporte, Comitê Olímpico Brasileiro e Comitê Paralímpico Brasileiro.