Esportista do Amapá trouxe a filha Alice para a disputa dos JUBs 2018

 

Felipe Augusto – CBDU

 

De manhã, o foco são os estudos. Na parte da tarde, é hora do trabalho. Pela noite, chega a vez de treinar handebol. E todo dia, também, é dia de Alice, a filha dela. Essa é a rotina de Iolene Rodrigues, de 28 anos, atleta de handebol, que representa o Amapá pela UNIFAP, onde cursa Educação Física. Ela é uma das alunas-atletas que participam da 66ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), realizados em Maringá (PR).

 

O esporte sempre esteve presente na vida de Iolene. A partir dos oito anos, ela iniciou as atividades, onde passou por atletismo, futsal e handebol. Em certos momentos, praticava de forma simultânea, até que, aos 16 anos, decidiu focar-se apenas no handebol, mesmo que tivesse um bom rendimento nas outras práticas.

 

Os anos passaram e a amapaense teve uma filha, a pequena Alice, hoje com cinco anos. A maternidade serviu como um impulso na carreira da atleta, que nunca pensou em se retirar do esporte, mas sempre em agregar tudo o que pudesse ser feito. “Eu não me vejo sem ela participando de qualquer coisa que eu possa fazer. Toda competição que é apropriada para ela estar, ela sempre está comigo. Não abro mão desse companheirismo. É praticamente de onde eu tiro forças para manter o nível. Ela é muito incentivadora”, conta Iolene.

 

É a primeira vez que a handebolista participa de uma edição dos Jogos Universitários Brasileiros. Ela entrou na UNIFAP em 2015, onde passou a fazer parte de um trabalho de longo prazo. “A estrutura do evento atende bem as expectativas (das delegações). O melhor, para mim, foi a própria organização me dar apoio para trazê-la”, cita Iolene, sobre a mediação feita pela CBDU para que Alice viesse junto.

 

A jornada tripla que faz parte do cotidiano é resumida em uma palavra, segundo ela: planejamento. O que a faz manter o desempenho em nível alto. “O ritmo é bem intenso! Porque a gente tem que se adaptar, se planejar, que é primordial. Ela (Alice) está presente em toda competição que participo. Está bem familiarizada com essa rotina de treino, jogo, trabalho e estudo. Ela é bem parceira”. Alice, durante as provas, costuma se destacar na torcida com os gritos de “vai, mamãe” para apoiá-la.

 

Todas essas viagens em que acompanha a mãe fizeram com que se acostumasse com o dia a dia. “Eu acho divertido. A gente fica sempre junto. A mamãe nunca me deixa. Onde ela vai, eu também vou e onde eu vou, ela também vai”, fala Alice, deixando a mãe emocionada. O esporte na vida de Iolene foi um instrumento para mudar de vida, segundo ela, algo que ela vê como de suma importância na relação educação e esporte e, claro, para o futuro da pequena Alice.

 

Os jogos do handebol poderão ser acompanhados, entre as manhãs e começos de noite, no Centro de Iniciação ao Esporte Professor Veldocir Roque Amboniou, no Jardim Paulista, ou pelas transmissões ao vivo via Facebook (facebook.com/CBDU.brasil).

 

Os JUBs 2018 são uma realização da CBDU, em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal de Maringá e da Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU). Patrocínio CBDU: Correios. Apoio CBDU: Gympass e SuperBolla.  Parceria Institucional: Ministério do Esporte, Comitê Olímpico Brasileiro e Comitê Paralímpico Brasileiro.