Foto: Saulo Cruz/CBDU

O terceiro dia de competição foi agitado para o Brasil: seis atletas competiram neste sábado (6) na Piscina Scandone, em Nápoles. Pela parte da manhã Iago Moussalem e Gabriel Fantoni se classificaram para as semifinais – o primeiro nos 200m borboleta e o segundo nos 50m costas.

Ainda pela parte da manhã, Gabrielle Roncato e Andreas Mickosz também competiram, mas não se classificaram.

A aposta do dia era Jhennifer Alves, que bateu o recorde sul-americano duas vezes em 2019. A atleta se classificou na última sexta-feira (5) para a final dos 100m peito, mas terminou na 7ª posição.

Na última prova do dia com participação do Brasil, Gabriel Fantoni se classificou para a final dos 50m costas. O nadador volta à piscina no domingo (7) às 14h40 (horário de Brasília).

Já na ginástica artística, o Brasil foi representado por Luís Guilherme Porto na final do individual geral, porém também não medalhou. O atleta se classificou para a final em primeiro do seu grupo.

Logo no cavalo – primeiro aparelho da série – o ginasta escorregou e caiu. Depois, o mesmo erro na barra paralela.

Neste domingo (7), Luís participa da final do salto e Fellipe Arakawa da final da barra.

Thiago Parmalat/CBDU
0 Comments

No Comment.