Até domingo (16), o Brasil inteiro estava torcendo para os meninos da Seleção Brasileira Sub-17 na Copa do Mundo FIFA. Agora é a vez de torcermos pelo Brasil na primeira edição da Copa do Mundo Universitária de futebol, que acontece de 21 de novembro a 1º de dezembro, na China.

Até então, o futebol era disputado na Universíade de Verão, os Jogos Olímpicos Universitários. Agora, a modalidade sai da Universíade e passa a ter uma competição própria, que acontecerá de 2 em 2 anos.

A Copa do Mundo Universitária será disputada por Instituições de Ensino Superior e, nesta edição, o Brasil será representando pela Universidade Paulista (UNIP-SP), tanto no naipe feminino quanto no masculino.

Para chegar à China, as equipes tiveram que conquistar o título Pan Americano Universitário no FISU America Games, que aconteceu em 2018 em São Paulo.

As equipes chegaram em Jinjiang na terça-feira (20) e já fizeram o primeiro treino e reconhecimento de campo. À noite, os atletas também participaram de uma sessão de fotos oficial da competição.

A equipe masculina está no grupo C e faz sua estreia nesta quarta-feira (20), às 23h (Horário de Brasília), contra a Myongi University, da Coreia do Sul.

No naipe feminino, o primeiro jogo é na sexta-feira (22), às 7h (Horário de Brasília), contra a Beijing Normal University, da China.

Maurício Salgado, técnico das duas equipes, acredita no título. “Viemos com uma equipe que treina junto há um tempo. As meninas se conhecem, tem meninas com experiência internacional, meninas com bagagens dos seus clubes. Temos a expectativa de fazer um bom campeonato e chegar às finais”.

Uma das meninas citadas por Salgado é Giovanna Campiolo, titular do Corinthians e campeã com a Seleção Brasileira Universitária na Universíade de 2017. A zagueira também defendeu o Brasil na Copa do Mundo Sub-20 em 2016.

De acordo com Igor Milioransa, zagueiro da UNIP-SP, a competição terá um nível alto mesmo sendo sua primeira edição e assim como o técnico, acredita no título.

“A gente tem universidades de todos os cantos do planeta. A expectativa é muito alta. Viemos preparados e fortes e vamos em busca desse título. Trabalhamos nos últimos meses para isso, esse é o foco desde que conseguimos a classificação. Agora chegou a hora de colocar em prática todo o treinamento para sair daqui com o título na mão”, conta.

É possível acompanhar os jogos pelo site da FISU TV.

0 Comments

No Comment.