Você está em Home | Notícias

notícia

25 de Junho de 2013
Universiade

Brasil quer novos recordes de Kazan 2013

O Brasil embarca, esta semana, para a Rússia, rumo à Unversiade 2013A cidade de Kazan é palco da competição entre os dias 06 a 17/06. A delegação verde-amarela será a maior do pais em uma edição da Universiade: 225 alunos-atletas na disputa de 22 modalidades. A expectativa é quebrar também a marca de 18 medalhas conquistadas em Shenzhen 2011.

Um time de jovens promessas do esporte está escalado para este desafio. Arthur Zanetti, da ginástica artística; Ketleyn Quadros, do judô; Ronald Julião e Ademir da Silva Jr., do atletismo; Guilherme Toldo e Renzo Agresta, da esgrima; Jaqueline Ferreira, do levantamento de peso e Nicolas de Oliveira, da natação, são alguns dos destaques individuais do Brasil na Universiade 2013.

Nos torneios coletivos, o Brasil também conta com nomes experientes: Amanda Francisco, Ana Carolina da Silva, Regiane Bidias e Roberta Ratzke, campeãs do vôlei na Universiade 2011; Gabriela Demoner e Karen Pelicari, jogadoras da seleção principal de futebol; e as atletas Ariani Souza Silva e Leila Zabani, da seleção principal de basquete.

Ginástica – Em Shenzhen 2011, Arthur Zanetti vibrou ao conquistar o ouro nas argolas. Ano passado, vibrou ainda mais ao repetir o lugar mais alto do pódio nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Agora, em sua terceira Universiade, Arthur chega como favorito.

O atleta acaba de conquistar o título da etapa de Portugal do Mundial de Ginástica, dia 22/06, em Anadia. “Vou encarar esta Universiade como uma preparação para o Mundial e determinado a fazer o meu melhor”, destaca Zanetti, aluno de Educação Física da USCS (SP).

Judô – Ketleyn Quadros, bronze nas Olimpíadas de Pequim 2008, foi a primeira atleta brasileira a conquistar uma medalha olímpica em esporte individual. De olho nos Jogos do Rio 2016, a judoca fará sua estreia em uma edição da Universiade. “Estou muito animada e curiosa para esta estreia na Universiade. Sempre me contam boas notícias da competição que é grandiosa e com atletas de alto nível”, conta Ketleyn.

A judoca é o nome mais experiente na equipe de doze judocas que vão representar o Brasil em Kazan 2013. David Silva é outro destaque. Bronze em Shenzhen 2011, na categoria absoluto David espera voltar ao pódio na Rússia.

Atletismo – Quem também espera repetir as boas memórias da China é Ronald Julião. Bronze no arremesso de disco em Shenzehn 2011, o atleta, que esteve em Londres 2012, quer brilhar novamente na Universiade.

Vôlei – Helio Griner comanda a seleção universitária feminina de vôlei. Campeã da Universiade 2011, a equipe conta com quatro atletas medalhistas em Shenzhen. “Chegar como campeão nos trás uma responsabilidade ainda maior e um respeito grande dos adversários. Mas temos que trabalhar duro para fazer em quadra o que se espera de nós. Mantivemos a base do grupo que jogou na China, mas tivemos menos tempo de treinos”, destaca Griner.

Por: Pollyanna Pádua
Clicks: 816

Patrocinador

Institucional