Retrospectiva 2017: LDU de Tênis Fase Final

Evento definiu os campeões nacionais universitários da modalidade

 

Antonin Haddad, Guilherme Lacerda e João Pedro Rodrigues formaram o pódio do masculino. Foto: Be Nice Films

Entre 07 a 12 de novembro, São Paulo foi a sede da fase final da Liga do Desporto Universitário de Tênis, que definiu os campeões brasileiros universitários 2017 da modalidade. A competição recebeu principalmente os atletas vencedores das quatro primeiras fases da LDU – chamadas de Conferências, que aconteceram entre maio e junho nas cidades de São Luís, Natal, Vitória e Curitiba. Os universitários representaram os estados do Maranhão, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Distrito Federal, São Paulo e Ceará.

Sistema de classificação

A partir deste ano, a LDU de Tênis passou a contar com cinco etapas, divididas em fases chamadas Conferências – Norte, Nordeste, Central e Sul. Na Conferência Central foram incluídos o Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Espírito Santo e o Rio de Janeiro. A Conferência Sul abrangeu o Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. As duas Conferências aconteceram entre 29 de maio e 03 de junho, em Vitória e Curitiba, respectivamente.

Na Conferência Norte, foram compreendidos todos os estados da Região Norte do país, além do Maranhão. A Conferência Nordeste abrangeu os estados da Região Nordeste, com exceção do Maranhão. As duas foram realizadas entre 08 e 13 de abril, em São Luís e Natal, respectivamente.

Em novembro, os vencedores das quatro Conferências disputaram o título de campeão nacional brasileiro, nos dois naipes, e, por terem vencido a primeira fase, chegaram a São Paulo com as despesas de hospedagem e alimentação pagas, além de serem os cabeças de chave da competição final. Junto a eles, também competiram alunos-atletas de outras instituições, dando mais peso à fase final.

São Paulo e Ceará no pódio

O último dia de competição foi de coroamento para os tenistas Letícia Monteiro, da UNIFOR, do Ceará, e Antonin Haddad, da UNIP, de São Paulo, que sagraram-se campeões da Liga do Desporto Universitário de Tênis três semanas após serem campeões dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs).

Letícia fez a final contra Alessandra Mecchi, da UNIP-SP, também sua oponente na final do JUBs. A atleta do Ceará conquistou o suado ouro após vencer por 2 sets a 0, com parciais de 7×5, 6×3.

“Jogar o tênis universitário tem sido uma grande honra para mim, pois são torneios bastante organizados”, pontuou a tenista, que participou pela primeira vez da LDU, apesar de já ser veterana em Jogos Universitários Brasileiros. “Acabo de vir de mais um JUBs, onde fui campeã, e é muito bom estar competindo aqui em São Paulo, uma cidade onde o clima me permite impor o meu ritmo de jogo”.

No início da noite foi a vez da final masculina, que trouxe Haddad contra Guilherme Lacerda, da UNB-DF. O atleta da UNIP-SP venceu por 2×0, com parciais de 6×1, 6×1. Antonin vem de uma ótima campanha desde 2015, quando passou a fazer parte de todos os pódios universitários da modalidade.

Em terceiro lugar no feminino ficou a tenista Lara Pedron, da UNIP-SP, que venceu Carolina Zotin, da PUCCAMP-SP, por 2X0, com parciais de 6×1, 6×4.

No masculino, o bronze foi para João Pedro Rodrigues, da UNIP-SP, após derrotar Isaac Ligabue, da UNB-DF, por 2×0, parciais de 6×2, 6×1.

Liga do Desporto Universitário de Tênis Fase Final

A Liga do Desporto Universitário de Tênis Fase Final foi uma realização da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), em parceria com a Federação Universitária Paulista de Esportes (FUPE). Patrocínio do Banco Itaú, Onza Indústria de Confecções e Super Bolla. Apoio do Ministério do Esporte, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.