CBDU e Secretaria Especial do Esporte discutem calendário 2021

De olho em 2021 e em todo planejamento da próxima temporada, a CBDU, representada pelo seu presidente Luciano Cabral, se reuniu com o Secretário Especial do Esporte, Marcelo Reis Magalhães e com o Secretário Adjunto do Esporte, André Alves, ambos do Ministério da Cidadania, para discutir o calendário do próximo ano.

Da esquerda para direita: Luciano Cabral, Marcelo Magalhães e André Alves. Foto: Bárbara Fernandes/CBDU

É costume que a preparação para a temporada esportiva do ano seguinte comece muito antes da virada do dia 31 de dezembro, a partir da análise do cenário, estudo de datas, planejamento do calendário e alinhamento com demais entidades envolvidas. Diante disso, Luciano Cabral, presidente da CBDU, se reuniu em Brasília com o Secretário Especial do Esporte, Marcelo Reis Magalhães e com o Secretário Adjunto do Esporte, André Alves.

O encontro tratou sobre a construção de um calendário e de um modelo de execução que beneficie o atleta desde sua inserção no mundo esportivo – ainda na infância, passando pelo âmbito universitário, até o possível alcance do alto rendimento. A discussão levou em consideração a retomada do Jogos Escolares Brasileiros (JEBs) para a faixa etária de 12 a 14 anos; pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), e da manutenção do Jogos Escolares da Juventude para jovens de 15 a 17 anos, pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB).

O Secretário Especial do Esporte, Marcelo Reis Magalhães ratificou seu compromisso de inverter a base da pirâmide esportiva do Brasil: “A gente vai dar uma atenção muito especial ao [esporte] escolar e universitário porque a gente acredita realmente na transformação por esse modelo. Você pega os 10 países hoje que são medalhas expoentes nas Olimpíadas, eles vieram dessa plataforma. Então eu acho que chegou a hora, nesse país, da gente fazer justiça com essas duas entidades”, explicou o Secretário.

Luciano Cabral, presidente da CBDU, esclareceu que cabe a CBDU – que gerencia o esporte universitário – o link entre o esporte escolar e o olimpismo, ou até mesmo o esporte na fase adulta dentro das universidades, mas ainda dentro no ambiente educacional. Segundo ele, a reunião foi a oportunidade de entender quais são os objetivos do Governo Federal; da Secretaria Especial do Esporte, para alinhar o calendário da CBDU ao calendário que está sendo proposto pelo Governo, pela CBDE e pelo COB.

É importante ter esse alinhamento para que o esporte brasileiro tenha começo, meio e fim, e inclusive tenha o pós-carreira, que também é papel da CBDU, da gente ofertar a graduação; a possibilidade do atleta de alto rendimento ter uma profissão quando ele deixar de ser atleta.  Então a reunião foi muito importante porque a gente pôde alinhar com o Secretario, e passamos a entender que esse segmento do esporte educacional vai estar dentro de um mesmo programa, com o objetivo único que é levar o esporte para dentro das Instituições de Ensino; fundamental, médio e superior, e também propiciar às pessoas que tem o desempenho esportivo acima da média que continuem estudando em paralelo com sua parte desportiva, finaliza Luciano.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vagas abertas na Universidade CBDU; últimas do ano!
Nota de pesar – João Alves Filho
Inscrições abertas para a CBDU Virtual Run
Desporto Educacional conquista duas cadeiras titulares no Conselho Nacional do Esporte
CBDU e Secretaria Especial do Esporte discutem calendário 2021