Desporto Educacional conquista duas cadeiras titulares no Conselho Nacional do Esporte

Foi publicado no Diário Oficial da União, no dia 5 de novembro, a Portaria nº 526, que estabelece uma nova disposição para o Conselho Nacional do Esporte (CNE). Antes do documento, a CBDU e a Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) dividiam uma cadeira, agora; cada Confederação passa a ter posição titular no Conselho, com cadeiras exclusivas. De acordo com o Ministério da Cidadania, o CNE é um colegiado de assessoria ao próprio Ministério no desenvolvimento de políticas em prol do desporto nacional.

“O CNE é muito importante para nos ajudar a traçar as políticas públicas que vão permitir que o esporte nacional avance em todas as direções”, afirmou o Secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães. “Por isso, deve ser o mais plural possível e ter representantes de todas as áreas. O desporto escolar e o desporto universitário são pilares fundamentais nas ações da Secretaria Especial do Esporte. Por isso, é importantíssimo que CBDU e CBDE tenham cadeiras permanentes. O Conselho Nacional do Esporte está ainda mais forte e bem estruturado depois da publicação da Portaria Nº 526”, avaliou o secretário.

“O desporto escolar e o desporto universitário são pilares fundamentais nas ações da Secretaria Especial do Esporte. Por isso, é importantíssimo que CBDU e CBDE tenham cadeiras permanentes” – Marcelo Magalhães

“O Secretário Marcelo fez um gesto que para nós foi extremamente significativo, de conceder mais uma cadeira. E agora a CBDU e a CBDE passam a ter cada uma sua respectiva cadeira de titulares no CNE”, afirma Luciano Cabral, presidente da CBDU. Ele explica que ambas instituições solicitavam já há algum tempo cadeiras individuais no Conselho, uma vez que, apesar das duas Confederações tratarem do esporte no ambiente educacional; têm foco em idades diferentes e, consequentemente, pautas diferentes. “Eu acredito que a nossa participação, da CBDU, em conjunto com a CBDE; nossas intervenções, nossas colocações, qualificaram e mostraram a importância de o desporto educacional ter suas cadeiras titulares no Conselho”, complementa.

Luciano Cabral também destaca a importância da decisão para o esporte universitário: “É fundamental para a CBDU ter sua cadeira própria no Conselho Nacional do Esporte, para que a gente possa ali defender as nossas pautas, defender os nossos interesses, e posicionar a opinião do esporte universitário acerca das questões relevantes do esporte nacional em todas as suas manifestações, que são tratadas no Conselho”, finaliza.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vagas abertas na Universidade CBDU; últimas do ano!
Nota de pesar – João Alves Filho
Inscrições abertas para a CBDU Virtual Run
Desporto Educacional conquista duas cadeiras titulares no Conselho Nacional do Esporte
CBDU e Secretaria Especial do Esporte discutem calendário 2021