Das 26 apresentações da modalidade, a pesquisa da mestranda pela UEM-PR garantiu duas medalhas de ouro e uma bolsa de pós graduação integral

Por João Ricardo Camilo

 

O JUBs acadêmico completa três anos no atual formato na Fase Final dos Jogos em Maringá. Esse ano, a medalha de ouro fica em casa: Aryelle Caruzzo, da UEM garantiu a melhor apresentação na modalidade, e levou além da medalha, uma bolsa integral de pós graduação.

Aryelle faz mestrado na Universidade Estadual de Maringá na área da Psicologia do Esporte e Relações Humanas. Formada em Educação Física na mesma faculdade, ela trouxe para o JUBs acadêmico o resultado de uma avaliação feita nos Jogos Universitários do ano passado, realizado em Goiânia.

Ela avaliou, através de questionários, o relacionamento entre técnicos e atletas na competição. Mais de mil participantes do JUBs fizeram parte da pesquisa. “O estudo concluiu que a experiência nos jogos são significativas para melhores resultados em habilidades sociais. Isto é, uma experiência positiva garante que o aluno-atleta consiga se organizar nas atividades acadêmicas aliadas com a dedicação esportiva”. Ela confirma que esporte e estudo podem andar lado a lado.

O Jogos Universitários Brasileiros foi escolhido por ela e pela professora Patrícia Gaion Rigoni, que orientou Arielly na pesquisa. “Nós precisávamos de uma população grande e significativa de alunos-atletas, e nada melhor que o JUBs, a competição com maior estima no país na categoria para fazer a coleta”. Foi dessa forma que a mestranda conseguiu a validação da pesquisa.

A apresentação no JUBs acadêmico foi apenas uma parte do projeto que ela desenvolve, junto a um grupo de pesquisa na UEM. “A medalha representa um esforço que não é apenas meu, mas de um grupo tudo, e a premiação é incentivo à continuar na caminhada pela docência, principalmente nesse início de carreira. Só vem a agregar”, conclui ela que se dedica para ser professora.

Mais incentivo

Junto com as medalhas a atleta também ganhou uma bolsa integral de pós graduação na Faculdade Cidade Verde, de Maringá. A ação é uma parceria da CBDU com a FCV. Além da campeã do JUBs acadêmica, todos os atletas que participaram da Fase Final também têm chances de conquistar a bolsa: “Será sorteada uma bolsa integral de Pós-graduação por hotel. Ter participado da Fase Final do JUBs já garante a participação dos atletas no sorteio”, explica o coordenador de hospedagem Paulo Souza.

Competição de artigos

O coordenador da modalidade Sandro Melo, professor da Universidade Federal do Acre (UFAC), explica que a intensão do JUBs acadêmico é afirmar a proximidade do esporte com a educação. “O objetivo é agregar. Nós estamos em um ambiente universitário, por que não fomentar a parte acadêmica?”, diz Sandro.

A modalidade vale medalha, troféu e pontos no troféu excelência no fim da competição, o coordenador brinca que é uma competição de artigos, com um principal requisito: o tema ser esporte.