Foto: FISU

BRATISLAVA, Eslováquia – A primeira reunião do Comitê Diretor Executivo da FISU, eleito recentemente, foi realizada na capital eslovaca em 5 de dezembro, para revisar o ano de 2019, incluindo a Assembléia Geral e preparar planos futuros da Federação Internacional de Esportes Universitários.

Presentes no Comitê Gestor da FISU estavam o presidente Oleg Matytsin, o primeiro vice-presidente Leonz Eder, os quatro vice-presidentes Luciano Cabral, Marian Dymalski, Penninah Kabenge e Shen Zhen, além da tesoureira Bayasgalan Danzandorj, membro sênior da CE Verena Burk e Secretário-CEO Eric Saintrond.

“Foi ótimo dar as boas-vindas a Penninah Kabenge, a primeira vice-presidente mulher da FISU em seu primeiro Comitê Diretor”, disse Eric Saintrond. “Foi uma reunião muito produtiva, com planos para o futuro e também a discussão de nomes para os presidentes de vários comitês da FISU. Discutimos o resultado da Assembléia Geral de 2019 e a mais recente conquista esportiva da FISU, a primeira edição da Copa do Mundo da Universidade da FISU de Futebol em Jinjiang.”

Como antes, a reunião foi dedicada aos resultados anuais e aos planos futuros da FISU, incluindo os próximos ciclos das Universidades de Verão e Inverno, bem como Campeonatos e Copas das Universidades Mundiais.

A reunião do Comitê Diretor ocorreu à margem das comemorações do centenário da Associação Eslovaca de Esportes da Universidade (SAUŠ). Os primórdios do SAUŠ voltam a junho de 1919, e uma grande Gala foi realizada em Bratislava para marcar o marco de 100 anos. A liderança da FISU estava presente.

Nesta ocasião, o Comitê Executivo da FISU decidiu conceder o maior prêmio da FISU, a ‘Medalha Jean Petitjean’ à Associação Desportiva Universitária Eslovaca (SAUŠ), que fez uma importante contribuição para o esporte universitário internacional durante sua longa história. A Federação Eslovaca organizou três Universiades de Inverno e vários Campeonatos Universitários Mundiais.

 

*Via assessoria de imprensa da FISU

 

 

0 Comments

No Comment.