Por Giulia Victória – Programa Jovens Jornalistas

Foto: Saulo Cruz/Exemplus/CBDU

O terceiro e último dia de competições para o naipe masculino do beach hand do JUBs Jogos de Praia 2019  repercutiu de maneira animada para os torcedores. Os times UFRN, do Rio Grande do Norte e da Fac. MAUÁ, do Distrito Federal, disputaram pela colocação entre o terceiro e quarto lugar, enquanto as equipes UniATENEU, do Ceará e UNIVERSO, do Rio de Janeiro, brigaram para conquistar o título de campeão universitário brasileiro de 2019.

O primeiro jogo da final resultou na vitória por 2×0 da UFRN, que ficou em 3º lugar, enquanto o time adversário, Mauá, ficou em 4º lugar. Jobson Oliveira, da UFRN, relatou: “Infelizmente minha equipe não conseguiu o almejado ouro, mas como atleta, considero que a competição desta edição superou a do ano passado, melhorando gradativamente em diversos aspectos.  As equipes estão se qualificando cada vez mais e a tendência é o crescimento do esporte que não é tão conhecido.

O atleta Marcelo Henrique, da Faculdade Mauá, diz: “Saímos satisfeitos do campeonato, porque apesar de não termos um bom conhecimento sobre o Beach Hand, chegamos até a semifinal. Foi uma experiência de aprendizado gratificante, e o que nos resta é treinar para que no ano que vem possamos competir melhor.”

O segundo e último jogo da final masculina de Beach Hand teve uma torcida dividida para os dois times, que contou com a presença das equipes que haviam jogado anteriormente. Apesar do clima chuvoso, os telespectadores seguiram eufóricos na luta decisiva pelo título de campeão. Com uma disputa acirrada, o time da UniATENEU ganhou por 2×1 do UNIVERSO, durante o desempate, conquistando o pódio.

O jogador João Pedro Lima, da equipe vitoriosa UniATENEU, diz: “A palavra que nos define é a superação. Fomos do inferno ao céu, pois estávamos quase desclassificados e com muito esforço conseguimos dar a volta por cima. Crescemos no decorrer da competição, de degrau em degrau e no final deu tudo certo, graças a Deus.”

“Quero agradecer aos meu professores Fabiano, Rogério e Carlão, e ao diretor da instituição professor Bastos, por oportunidade de nos fazer alunos e atletas e agradecer ao CBDU pelo evento, pela grandeza que é realizada sendo uma das maiores competições universitárias do continente. Parabéns à todas as equipes pela participação”, completou.

O jogador da UNIVERSO, Bruno Mendonça diz: “Aplicamos nossos treinamentos que poderia ter nos levado à vitória, mas sentimos dificuldade devido aos nossos adversários serem mais eficientes, mais frios e conseguiram a vantagem em cima disso.”

O coordenador da modalidade de Beach Hand, Washington Gusmão diz: “A expectativa foi alcançada. O nível das equipes masculinas é melhor que a do feminino, tanto é que temos o atleta da seleção brasileira João e a atleta Darlene, e espero que as universidades invistam mais, para que tenhamos mais equipes e mais estados participando. A CBDU está de parabéns e é isso, foi um sucesso total.”

No naipe feminino, a UniAteneu-CE garantiu a medalha de ouro no segundo dia. Por ser grupo único, a classificação é por pontos. Outros times até poderiam empatar, mas a vitória seria delas devido aos critérios de desempate. Mesmo assim, os dois últimos jogos da categoria feminina estão marcados para o próximo sábado (23), a partir das 9h da manhã.  Os jogos estão sendo realizados no Parque da Cidade, em Brasília.

0 Comments

No Comment.