Os times disputam o primeiro lugar na tarde de sábado (10), no ginásio de esportes Valdir Pinheiro

 

Guilherme Amaral – Programa Jovens Jornalistas

 

As partidas das semifinais foram emocionantes. Tiveram placares elásticos no feminino e vitórias apertadas no masculino. Alguns desses jogos serão lembrados por muito tempo, como é o caso da vitória por um ponto da UNIFAE.

As meninas de São Paulo, como já era de se esperar, fizeram mais de 100 pontos na partida, que terminou em 113 a 27 contra o time da UNINASSAU-PE. A UNOCHEPECÓ também ganhou com vantagem em sua partida com o time da UNIVERITAS-RJ. O placar final foi de 76 a 37.

Agora, quando dois favoritos se enfrentam, o resultado não pode ser outro. UNIFAE e UNIVERITAS fizeram a partida mais equilibrada até o momento. A ansiedade tomou conta de toda a torcida e de todos os atletas. Houve uma inversão de placares a cada quarto. O time de São Paulo começou ganhando, mas tomou uma grande virada do Rio e conseguiu, mesmo assim, se recuperar no terceiro quarto.

O último quarto foi o “show das bolas paradas”, já que a maior parte dos pontos para os dois lados foi feita na cobrança de faltas. E o resultado foi um empate, levando o jogo a um período extra. UNIFAE e UNIVERITAS começaram empatados em 71 a 71 e cada ponto feito no último tempo era um mar de emoções. Uma cesta de três seguido de uma falta bem cobrada foi o que garantiu a vitória da equipe são paulina e sua vaga na final.

Também pelo masculino, a UCBD terminou o primeiro quarto ganhando, tomou uma virada da UPIS-DF no segundo e deu o troco virando novamente o jogo no terceiro. A partida terminou em 57 a 48.

Os JUBs 2018 são uma realização da CBDU, em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal de Maringá e da Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU). Patrocínio CBDU: Correios. Apoio CBDU: Gympass e SuperBolla.  Parceria Institucional: Ministério do Esporte, Comitê Olímpico Brasileiro e Comitê Paralímpico Brasileiro.