UNOESC-SC vence o naipe masculino e conquista bicampeonato, no feminino, UNIFOR-CE mostra domínio em quadra e sagra-se campeã

Por Bruna Amorim (Programa Jovens Voluntários)

 

Foto: Saulo Cruz / CBDU

Foram cinco dias de partidas disputadíssimas em busca da definição dos grandes finalistas do voleibol na Fase Final do Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) na Bahia. Os jogos, tanto do masculino como do feminino, foram de arrepiar. Dedicação e competição acirrada do apito inicial até o final, em todas as partidas. No total, 24 equipes, entraram em quadra para as decisões na modalidade.

As finais deste ano, foram entre as equipes do Ceará e de Santa Catarina. O primeiro jogo da manhã, no ginásio da Associação Desportiva e Cultural Coelba (Adelba), foi do naipe feminino. A UNIFOR-CE (quarta colocada na edição do JUBs 2018) fez uma temporada excelente, a garra e união entre as integrantes da equipe fizeram a diferença nos jogos. Na partida que valia o ouro do feminino, o time cearense venceu a UNOCHAPECÓ-SC (sexta colocada na última edição do JUBS) por incríveis 3 sets a 0, com parciais de 25 a 15/ 25 a 15/ 25 a 17.

A equipe da UNIFOR-CE explodiu em alegria após o apito final, a emoção das meninas contagiou a torcida que estava no ginásio e, também, quem acompanhava a transmissão ao vivo pelas redes sociais da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU). Com o campeonato deste ano, a UNIFOR-CE, soma 4 títulos do JUBs no voleibol feminino. O time campeão formado por: Verana Figueira, Ana Holanda, Bruna Carvalho, Camila Leite, Cecília Cunha, Débora Tavares, Fernanda Cardoso, Ejeíde Santos, Joice Silveira, Luciana Holanda, Maria Medeiros, Talita Simonete e o professor Luiz Vieira, encerra sua participação nos jogos com aproveitamento de 100% e no lugar mais alto do pódio.

Do outro lado, as meninas da UNOCHAPECÓ-SC mostraram uma enorme evolução, tanto dos primeiros jogos, quanto na colocação geral do campeonato. “No início a nossa equipe estava errando muito, a gente corrigiu em alguns jogos, mas hoje voltamos a errar demais, temos que rever isso”, afirmou a jogadora catarinense Amanda Céron em entrevista a repórter Maria Clara, da CBDU. A medalha de prata é a exemplificação dessa melhora, “conseguimos melhorar o resultado ficando em segundo lugar e levando uma medalha para casa”, completou.

No masculino, foi a vez da equipe da UNIATENEU-CE enfrentar a UNOESC-SC, atual campeã do JUBs. O jogo foi acirrado, as equipes mostraram alta qualidade e performance em quadra, mas o favoritismo da UNOESC-SC foi confirmado com a vitória por 3 sets a 0, com parciais de 25 a 17/ 25 a 20/ 25 a 17. A equipe de Santa Catarina fez uma temporada excelente no JUBs Bahia, invictos após cinco partidas, sobem ao lugar mais alto do pódio garantindo o bicampeonato.

A equipe da UNIATENEU-CE, que no último JUBS ficou com a 6ª colocação, demonstrou muita habilidade em quadra apesar de alguns erros de passe. Um campeonato longo como o JUBs, diferente dos torneios menores nos estaduais, pode ter afetado o desempenho do time em relação ao desgaste físico, mas o vice-campeonato simboliza uma nova etapa para o time que participou pela primeira vez de uma decisão no JUBs, para o técnico da equipe cearense, Márcio, a conquista “serve de muita experiência para essa galera que jogando a primeira final”, afirmou em entrevista a CBDU.

Com esses jogaços o voleibol dos Jogos Universitários Brasileiros – Fase Final 2019 se despedem da Bahia.

 

Sobre os JUBs 2019

Os Jogos Universitários Brasileiros – Fase Final 2019 são apresentados pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário. Realização: Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia – SUDESB, Governo do Estado, Secretaria da Educação do Estado da Bahia e Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia – SETRE. Comitê local: Federação Universitária Baiana de Esportes. Apoio: Spalding, Kempa, Supper Bolla e Onza. Parceria: Comitê, Secretaria Especial do Esporte e Ministério da Cidadania. Patrocínio: Governo Federal.

 

0 Comments

No Comment.