Competição segue até o domingo, 15 de abril, com as modalidades luta olímpica, karatê, taekwondo e jiu-jitsu; a entrada é franca

 

UCDB-MS foi a campeã por equipes no feminino. Foto: CBDU/KaizenFilmes

A quinta-feira, 12, foi de continuação dos embates de judô pelos Jogos Universitários Brasileiros de Lutas (JUBs), sediados esta semana em Goiânia. No masculino, a equipe da Celso Lisboa, do Rio de Janeiro, foi a campeã, seguida pela UCDB, do Mato Grosso do Sul, classificada em segundo lugar. No feminino, o pódio se inverteu. A UCDB-MS conquistou o ouro, enquanto a Celso Lisboa-RJ levou a prata.

Pela UCDB-MS, competiram Aline Cristina de Neves, Ana Paula Batista de Moraes, Ana Carla Rios Grincevicus, Ana Paula Higa Carra e Gabriela Stroppa Paliano. Com a vitória, elas estão automaticamente classificadas para representar o Brasil no FISU America Games, o primeiro Pan-Americano Universitário, em julho, em São Paulo. A equipe da Celso Lisboa foi formada por Eduarda Francisca, Suelen Silva, Daniele Carla e Stefanie Miranda.

A equipe masculina da Celso Lisboa, formada por Leonardo Marcelo Arruda, Telmo Martelotta Gomes, Gabriel Gomes Rocha e Ruan Isquierdo, também representará o Brasil no FISU America Games.

A equipe masculina da Celso Lisboa-RJ sagrou-se campeã. Foto: CBDU/KaizenFilmes

Ruan Isquierdo, que conquistou ontem dois ouros, nas categorias +100kg e Absoluto, também brilhou em 2017, ao representar o Brasil na Universíade de Verão, em Taipei. Na ocasião, o atleta saiu da segunda maior competição esportiva do planeta com dois bronzes, nas categorias Absoluto e por equipes. “Disputei a Universíade, uma competição de nível fortíssimo, onde tive um bom resultado e, no Pan, que será a minha despedida das competições universitárias, espero sair com o melhor resultado possível”, pontuou o judoca, que este ano completa 25 anos, idade limite de participação em competições universitárias.

Pela UCDB-MS, no masculino, os representantes foram Yuri Araújo Marques Lourenço, Isaac Garcia R. Bignardi, Vinicius Rios de Castro, Ayhan Liell Zanella e Caike Keltony Abreu.

Confira aqui todos os resultados do dia!

Veja aqui o pódio do primeiro dia do judô.

Programação

O JUBs Lutas acontece até o próximo domingo, no Goiânia Arena (Av. Fued José Sebba – Jardim Goiás), com entrada franca. Nesta sexta-feira, 13, serão realizados os combates de Luta Olímpica, que valem vaga no Campeonato Mundial Universitário de Wrestling. Acompanhe a transmissão ao vivo, a partir das 10h30, no Facebook da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU).

13 de abril (sexta) – Luta Olímpica

14 de abril (sábado) – Karatê e Taekwondo

15 de abril (domingo) – Jiu-Jitsu

JUBs Lutas 2018

As cinco regiões do país estão presentes na competição, representadas por 300 alunos-atletas de 21 estados da Federação – Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins –, nos naipes masculino e feminino.

Seletiva para competições internacionais

A competição de Luta Olímpica será a classificatória nacional para o World University Wrestling Championship, que será sediado também em Goiânia, entre 05 e 09 de setembro.

Já o Taekwondo e o Judô serão as seletivas nacionais para o FISU America Games, que será realizado em São Paulo, de 19 a 29 de julho. Além das duas modalidades, o campeonato terá ainda disputas no atletismo, atletismo paradesportivo, basquetebol, futebol, futsal, voleibol, natação, natação paradesportiva, tênis, tênis de mesa e tênis de mesa paradesportivo.

Veja aqui todos os detalhes sobre o novo formato do JUBs!

Os Jogos Universitários Brasileiros de Lutas são uma realização da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) em parceria com a Federação Goiana do Desporto Universitário (FGDU). Patrocínio: Correios – Operador Logístico oficial do esporte universitário do Brasil e Ministério do Esporte. Apoio: Super Bolla. Apoio local: Governo do Estado de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce).