Luciano Cabral, presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), participou do seminário “A Mulher no Futebol” que aconteceu na terça-feira (10), na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Gestores, pesquisadores, atletas, representantes de Confederações e pessoas envolvidas diretamente na causa se reuniram para debater sobre o momento do futebol feminino no Brasil. As instituições presentes aproveitaram para contar o que tem sido desenvolvido e quais são os planos para os próximos anos.

A Secretaria Nacional do Esporte também esteve presente através da Secretaria do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor. O diretor, Kleiton Lima, falou dos planos do governo para fomentar o futebol feminino brasileiro no Brasil.

A CBDU ressaltou que o futebol feminino é uma plataforma do esporte universitário há muitos anos nos três setores: futsal, futebol de campo, futebol de areia e, mais recentemente, o futebol eletrônico nos Jogos Universitários Brasileiros.

A Seleção Brasileira Universitária Feminina de futsal conquistou cinco vezes o mundial, ganhando o título em todas as edições que participou. Já a Seleção de futebol foi campeã nas Universíades de Verão em 2011 e 2017 e a equipe de beach soccer foi campeã do International Beach Games em 2016 e 2017.

“É uma iniciativa interessante da Câmara dos Deputados porque o futebol feminino vem pedindo espaço. Por força de uma decisão da CONMEBOL, os clubes passaram a ter, obrigatoriamente, times femininos, mas, mais importante que a obrigatoriedade, precisamos ter um conjunto de ações de todos os entes do seguimento para que promovam o futebol feminino, para que mulheres realmente encontrem o espaço para praticar e desenvolver o futebol e que o futebol feminino seja tratado com a mesma naturalidade que as outras modalidades”, disse Cabral.

0 Comments

No Comment.